Criar um Site | Como é Feito um Feito um Site?


site

Antes de tudo, é preciso entender que CRIAR um site é diferente de MONTAR um.
Muitas pessoas pensam que criar um site significa apenas desenhá-lo (criar seu layout) e depois transformar tudo isso em botões clicáveis (links), mas como diz o ditado, “o buraco é bem mais embaixo.”

Um site que é realmente desenvolvido, passa por todo um processo. É essencial etapas como briefing (reunião com o cliente para entender o que ele espera e deseja do site), criação do projeto do site e a realização de seu esboço que é uma amostra de como ficará o resultado final para enfim ser aprovado pelo cliente e dar-se início ao desenvolvimento.

 

O desenvolvimento pode ser feito por uma pessoa ou por uma equipe (menor prazo para conclusão), como geralmente acontece nas empresas, onde cada pessoa fica responsável por um setor de desenvolvimento do site, seja de sua estruturação, estilização ou funcionalidades. Este desenvolvimento se dá por meio de linguagens, cada tipo de linguagem é responsável por alguma parte da criação.

criar

Linguagens:
HTML – Responsável pela estruturação do site, é essencial para seu início e define a disposição de itens que irão compor o site.
CSS – Linguagem de estilização, responsável pelas cores, posicionamento e quaisquer personalizações do layout visual.
PHP – Linguagem que permite a criação de sites dinâmicos e possibilita interação com o usuário através de links e formulários, por exemplo. (É executada no servidor, sendo assim, o usuário recebe apenas o HTML “puro”.)
JAVASCRIPT – Linguagem interpretada, utilizada para criação de scripts que permitem também interação com o usuário dentro do site, é responsável pelas ações e é executado “do lado do cliente.”

Trecho de código utilizado na criação de sites – Linguagem: Javascript

Existem diversas linguagens para a criação de sites, as citadas acima são as mais conhecidas e alguns, essenciais, como HTML e CSS para a utilização de todo resto. Após esse desenvolvimento, é preciso criar toda a base de dados que arquivará todas as informações do site se necessário, desde conteúdo, cadastros, etc. Então, ele passa por testes e é exibido para o cliente para alterações finais, passa pela última homologação de testes onde é hospedado previamente, após isso, enfim, está pronto. Ou seja, um site é todo feito por meio de códigos, comandos combinados para gerar uma resposta ao seu clique e torná-lo funcional e não é tão simples quanto parece depois de pronto.

Há sites que espalham anúncios como “Monte seu site grátis!”, isso se trata de um template. O template é a parte visual, permite que você arraste botões pra cá e pra lá, muda itens de lugar fazendo tudo isso por meio de uma plataforma. O lado negativo de templates é que nem sempre a personalização desejada pode ser concluída devido às limitações que há. Eis a diferença de criar um site em vez de montá-lo.

CRIAR? todos criam! DESENVOLVER? todos desenvolvem! QUALIDADE nem todos têm.

No próximo artigo, você saberá porque não basta apenas ter um site na web, porquê é preciso dar atenção a ele para que não seja só mais um e quais as vantagens de procurar um desenvolvedor para CRIAR um site.

#Comentários

Comentários