Como enfrentar a burocracia no Brasil e fazer sua empresa crescer  

Uma das questões que mais desestimula o aspirante a empreendedor brasileiro são as burocracias envolvidas no processo de abrir e manter seu próprio negócio.

Isso não ocorre apenas com empresas novas, muitas têm seu crescimento barrado devido à inúmeras leis e atualizações tributárias. O complexo sistema burocrático demanda tanto uma equipe jurídica quanto de contabilidade e administração, especialistas no mundo dos negócios.

Sendo assim, a Finer preparou um conteúdo informativo sobre este cenário de constantes mudanças. Cresça com a gente!

1) Burocracia – uma linha do tempo

A burocracia consiste em uma série de procedimentos propostos para facilitar a organização entre atividades e resultados presumidos. No entanto, na maioria das vezes, ocorrem inúmeros problemas de execução devido, geralmente, à falta de colaboração sistêmica do governo com os empreendedores brasileiros.

Como dito acima, a burocracia não é apenas um impasse inicial, da abertura da empresa. Ao longo dos anos, o empreendedor deve se adaptar às normas e exigências fiscais que podem mudar com um piscar dos olhos. Essas alterações ocorrem, principalmente, nas esferas jurídicas, contábeis e empresariais.

E existe alguma evolução positiva em relação a tudo isso? Sim! Cada vez mais a tecnologia se enraíza no meio e facilita os processos. Um exemplo disso é o eSocial que substitui  o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), migrando para o ambiente online SPED. Por isso, pesquise tudo que você puder realizar online e irá poupar muito tempo nas próximas etapas.

 

2) Burocracia  x desburocratização

Em meio a coleta de documentos e o preenchimento de formulários, o futuro empreendedor ainda deve comparecer fisicamente aos órgãos governamentais.

Estima-se que o tempo gasto neste processo de abertura é de dois a cinco meses. Já o custo médio também é alto e altera de estado para estado, tendo uma variação média de 274%.

Mas nem tudo é sofrimento. A desburocratização já é uma realidade, o sistema SPED já tem otimizado tempo e resultados. Ele consiste em uma plataforma criada pelo Governo Federal para o recebimento de informações fiscais e contábeis das empresas,  sistematizando as obrigações acessórias para o fisco.

Integra-se então três sistemas – sendo eles: Escrituração Contábil Digital (SPED Contábil), Escrituração Fiscal Digital (SPED Fiscal) e a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e).

Operacionalizar estas questões por meio de uma plataforma pode economizar tempo e dinheiro!

 

3) Como simplificar processos

Soluções online, como a Finer, auxiliam e simplificam a relação do empreendedor com as esferas governamentais, fiscais e legislativas, otimizando seu tempo e o voltando para sua relação com seu empreendimento.

Nós sistematizamos estes processos integrando as etapas burocráticas à tecnologia. Gerencia-se a parte “chata” do processo, simplificando a relação do empreendedor com as etapas burocráticas.

Nossa plataforma de gestão voltada às necessidades do empreendedor pode fazer muita diferença no seu negócio e ser o primeiro passo para o crescimento que você tanto almeja. Vamos crescer juntos?

Vamos garantir que você tenha acesso ao melhor software de controle de gestão para sua empresa. É muito simples! Contacte os especialistas da Finer, garantindo o futuro do seu negócio, afinal, nosso suporte estará sempre lá, a um toque!

Quer saber mais sobre soluções para poupar seu tempo e ainda atingir seus objetivos profissionais? Confira as sugestões de serviços e produtos em nosso site e entre em contato com a nossa equipe.