Controle de estoque: saiba por que ele é importante para o seu negócio

Uma boa gestão de estoque pode ser a diferença entre uma empresa lucrativa e outra que só tem prejuízos. Considerando isto, é surpreendente que muitos empreendedores ainda negligenciem essa área do seu negócio. Ao longo deste artigo, você vai descobrir por que o controle de estoque é tão importante para o seu negócio.

Tenha em vista que, sem uma gestão eficaz dessa área, seu dinheiro deixará de circular. Pior: os gastos de armazenagem continuarão chegando. Você também poderá se deparar com a avaria ou vencimento de mercadorias. O resultado é a redução direta da margem de lucro. Não tem certeza de como acontece o controle nestes casos? Nós explicamos a seguir. Confira!

O que caracteriza um bom controle de estoques?
Para armazenar mercadorias de forma eficiente, os gestores devem saber as quantidades existentes de cada item. O passo seguinte é controlar todas as saídas a fim de determinar o momento mais adequado para reposições. Isto serve também para que a empresa não perca de vista aquilo que possui em estoque.

Essa medida simples de controle já colabora para que o seu empreendimento não tenha problemas relativos a produtos vencidos e, de quebra, vai combater extravios – muito comuns na armazenagem desorganizada. Resumindo: o controle é uma movimentação sistematizada de mercadorias que inclui o planejamento de compras e vendas.

Entenda a importância do controle de estoque para a sua empresa
Vimos no tópico anterior que essa atividade serve para sistematizar todo o fluxo de mercadorias da sua empresa. Ao dispor de informações claras sobre entrada, saída e vendas, evitamos os problemas mais comuns da gestão de estoques. Ou seja, a empresa não tem acúmulo ou falta de produtos, tampouco perda de itens.

Isto permite, dentre outras coisas, que o seu negócio esteja preparado para um eventual aumento na demanda de um produto. É o que acontece ao lidarmos com itens sazonais, cuja procura vai aumentar sensivelmente em determinadas épocas do ano. O mesmo ocorre no caso de coleções.

Quais problemas surgem por conta de uma gestão de estoques ineficiente?
Um controle de estoque ineficiente, além dos problemas que já citamos, aumenta o risco de fraudes. Afinal, a mercadoria parada está suscetível ao desvio. Esse é um quadro grave – e mais comum do que a maioria dos gestores imagina. O controle serve para evitar esse tipo de prejuízo.

Além das fraudes, serão frequentes os erros. No caso de controle manual, a situação fica muito pior e gera diversos outros problemas para o empreendimento. Em consequência desses fatos, a gestão acabará tomando decisões ineficazes ao lidar com as mercadorias que possui.

Como fazer um controle eficiente?
Para fazer um controle eficiente, é indispensável que o seu estoque acompanhe o fluxo de vendas. Além disto, os itens devem ser categorizados e separados de acordo com as suas características. O manuseio é facilitado dessa forma. Controle periódico de itens, contabilização de inventário e integração das operações também são recomendados. Uma boa forma de realizar os procedimentos mencionados é através de um software de gestão.

Descubra como a tecnologia pode te ajudar
Quer fazer um controle de estoque mais eficiente? Aposte, então, nos softwares de gestão voltados para essa atividade. Para conhecer soluções na medida para estocagem de mercadorias, visite o nosso site. Aproveite para descobrir como uma solução na nuvem pode fazer toda a diferença para cuidar do seu estoque!